Como aprimorar práticas de BPF para evitar a contaminação cruzada?

3 min leitura

Acompanhe dicas para melhorar a segurança dos alimentos agora mesmo, e evitar contaminações cruzadas:

Higienização eficiente das mãos: parte básica de BPF, a limpeza das mãos deve ser feita de forma que reduza ao máximo a quantidade de bactérias. Todos os operadores devem saber exatamente como fazer esta limpeza e, com o uso de produtos confiáveis garantir que a manipulação dos alimentos seja feita da forma mais segura possível.

brasmo1

Utilize código de cores: como especificado por normas de qualidade, é muito importante que os utensílios de higienização sejam codificados através de cores e sejam mantidos nas áreas específicas que facilitem seu uso. É essencial que os utensílios não sejam pintados ou etiquetados, mas sim, que sejam fabricados totalmente na cor desejada, assim, evitaremos a dispersão de partes, podendo tornar-se um perigo físico. Obtenha mais informações de utensílios disponíveis em 10 cores, clicando aqui.

brasmo2

Na dúvida, use AZUL: ao deparar-se com tanta variedade de cores, é normal que as empresas fiquem confusas ao decidir qual cor é a mais adequada para o contato com os alimentos. Levando em consideração que poucos alimentos são fabricados na cor azul, esta, se torna uma cor ideal para o uso. Caso alguma parte acidentalmente junte-se ao produto, a cor azul fica em evidência, facilitando a localização da fração com desvio de qualidade.

brasmo3

Use utensílios detectáveis em Raio-X e detectores de metais: muitos casos de corpo estranho em alimentos são decorrentes de partes de utensílios da higienização que se desprendem e se juntam acidentalmente aos produtos. Equipamentos de Raio-X e detectores de metais podem oferecer uma maior segurança para a integridade dos produtos. Fazendo o uso de utensílios detectáveis, incluindo cerdas de escovas e de vassouras, reduz-se grande parte deste risco. Para conhecer a linha de produtos detectáveis, clique aqui.

brasmo4

Garanta que todos os utensílios de higiene estejam separados e guardados adequadamente: use o programa 5S para fazer a segregação dos utensílios por cores. Através da utilização de organizadores coloridos, fica bem visível como deve ser feito o armazenamento dos materiais, evitando a contaminação cruzada que pode ser oferecida pelos utensílios misturados. Conheça os suportes para organização de utensílios da FBK, clique aqui.

brasmo5

Reduza o lixo: grande custo para as indústrias, os resíduos provenientes dos utensílios de higienização inutilizados, como vassouras, rodos, baldes, espátulas, podem ser reduzidos ao menos pela metade se utilizados materiais duráveis. Procure fornecedores que lhe apresentem alternativas de utensílios que possam reduzir seu custo com lixo e reduzir também, seu consumo.

brasmo6

Higienize seus utensílios: uma prática comum nas indústrias é esquecer que os utensílios de higiene são contaminantes. Isto é, faz-se necessária a limpeza e secagem de todos os materiais. Desta forma, a proliferação de bactérias em utensílios secos e limpos é praticamente nula. Caso seu utensílio não suporte os produtos químicos necessários, substitua seu fornecedor imediatamente. Procure empresas sérias que estejam dispostas a lhe oferecer o melhor.

brasmo7

Referência: tradução livre e adaptação por Aline Lohmann (Grupo Brasmo – FBK Brasil) de Amerisan (FBK USA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os textos são assinados e refletem a opinião de seus autores.

lorem

Food Safety Brazil Org

CNPJ: 22.335.091.0001-59

organização sem fins lucrativos

Produzido por AG74
© 2020, Themosaurus Theme
Compartilhar