O que eu vejo x o que os outros veem… O que se passa na cabeça de um especialista em segurança de alimentos?

3 min leitura

O especialista em segurança de alimentos costuma ter um olhar um pouco diferente da maioria das pessoas. Algumas profissões permitem um certo descanso da mente. Porém, o nosso trabalho não nos dá muitas folgas mentais! Estamos sempre atentos aos deslizes em todos os lugares que vamos e em todas as atividades que fazemos. Somos tão treinados a encontrar falhas no nosso trabalho, que mesmo em momentos de descanso também somos capazes de apontar várias delas e nos divertimos com isso! Afinal, temos muito amor por essa profissão tão importante. Em uma das discussões rotineiras no grupo de Whatsapp do blog, surgiu a ideia de fazer um post com algumas imagens de coisas que observamos e comentários que costumamos fazer para dividir um pouco dos nossos pensamentos com os leitores do Food Safety Brazil. Quer saber o que se passa na cabeça de um especialista em segurança de alimentos? Venha com a gente!

1. Fazendo um lanchinho na rua

Com fome, é natural olhar fixamente para o lanche enquanto ele é preparado. Preocupados com as boas práticas, os especialistas ficam observando os hábitos de higiene do manipulador de alimentos.

2. No mercado

As ofertas chamam a atenção de todos, inclusive a nossa. Mas um selo que indica inspeção sanitária conquista nossos corações! Observe na imagem também as olhaduras no queijo minas artesanal, que podem indicar condições de higiene inadequadas na produção do queijo (leia o post “Causos” sobre alimentos artesanais).

3. Séries de TV durante o isolamento social

As séries são excelentes para dar uma pausa nos problemas. Todavia, os especialistas em segurança de alimentos sempre fazem comentários inusitados deixando pessoas ao redor perplexas com as coisas que somos capazes de observar! Na imagem, vemos um garoto tomando leite direto da caixa (ficamos imaginando se ele vai guardar o restante na geladeira) e uma garota de cabelos lindos e soltos usando colar de pérolas ao manipular alimentos em um serviço de alimentação.

4. Programas de culinária

Quem não ama os programas de culinária? Eles ensinam muitas receitas maravilhosas e sofisticadas! Mas os especialistas em segurança de alimentos não conseguem segurar os olhos para a falta de uso de touca para prender os cabelos e o uso de maquiagem pelos chefs de cozinha participantes (leia o post A televisão pode gerar maus exemplos de Boas Práticas na cozinha?).

5. Redes sociais

As redes sociais são incríveis para compartilhar um pouco do nosso dia a dia com nossos amigos. Mas nem online deixamos de ficar de olho nos erros de segurança de alimentos, principalmente nas postagens #emcasa, nas quais queijo vira suporte de celular, o mesan place é feito todo na mesma tábua, entre outros deslizes que podem provocar surtos de doenças transmitidas por alimentos nos lares.

E você, leitor? O que você observa ao seu redor? Você se preocupa com a segurança dos alimentos no seu dia-a-dia?

11 thoughts on

O que eu vejo x o que os outros veem… O que se passa na cabeça de um especialista em segurança de alimentos?

  • Shauana

    Ahh, super me identifiquei! hahah

    0
  • Leonardo

    Muuito bomm, parabéns!! Legal saber a visão do profissional!!

    0
  • Cris Santos

    Muito bom… somos divertidos autênticos!!!

    0
  • Veronica Gomes

    Perfeito posto,gostei muito e super me identifico.
    Uma grande ideia seria buscar consumidores que tem esse olhar voltado a segurança de Alimentos,acredito que há grande parte já deles buscando e com olhar voltado para a questão.

    0
  • Renata Manzato

    Amei esse artigo!!! É bem isso mesmo. Me senti totalmente compreendida. Não é só fazer parte da Segurança de Alimentos e sim ser e transmitir.
    Parabéns e obrigada!!!!

    0
  • Lorrayne

    Com certeza o conteúdo que todo profissional da área de Alimentos deveria ler, assim como também colocar em prática, pois muitas vezes não temos essa abordagem fora de nosso ambiente profissional. Logo que passei a conhecer mais da importância da sanitização, entendi a necessidade de ter um olhar cada vez mais crítico com relação a manipulação de não só alimentos, mas como também objetos, que de certa forma acaba influenciando no processo como um todo. Se observarmos veremos que a lavagem adequada das mãos e utilização do álcool em gel nesse momento de covid 19, parece ter vindo a tona, o que dá a entender que essa prática era pouco praticada, apesar de sua descoberta e importância ter sido um grande divisor de aguas para a medicina, já que através da pratica de maneira adequada, a proliferação de microrganismos transitórios fossem inibidos. Dessa maneira vemos a sua importância presente em todos os Ângulos possíveis.

    0
  • FERNANDO SOEIRO

    Boa tarde, Parabéns pelo artigo!
    Observei que alguns responsáveis pela cozinha, na arrumação do alimento no prato é feita com as mãos, sem luvas, e depois é levado à mesa do cliente. Não deveria acontecer, pois são formadores de opinião.

    FERNANDO SOEIRO

    0
  • Everton Santos

    Parabéns pelo texto Luiza! Importante para treinar os leitores a ter esse olhar e gostoso de ler!

    0
  • Denise soares carvalho

    Adorei seu artigo Luiza, bem assim nosso olhar, sem descanso😅😅😅👏🏾👏🏾👏🏾
    Parabéns, ficou top!

    0
  • Tassiana

    Parabéns pelo artigo! Super me identifico! Sempre indo aos restaurantes/bares e olhando lá pra dentro da cozinha!

    0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os textos são assinados e refletem a opinião de seus autores.

lorem

Food Safety Brazil Org

CNPJ: 22.335.091.0001-59

organização sem fins lucrativos

Produzido por AG74
© 2020, Themosaurus Theme
Compartilhar