Luvas contêm glúten?

2 min leitura

As luvas utilizadas na manipulação de alimentos podem conter glúten? Recentemente um leitor nos fez este questionamento e, claro, fomos investigar os “pós” presentes em várias marcas de luvas, pois com certeza essa dúvida pode ser de outros curiosos, alérgicos, produtores artesanais de alimentos sem glúten, entre outros.

Existem diversas luvas descartáveis no mercado, sendo que as mais utilizadas são as feitas de látex, vinil e nitrilo. Todas elas podem conter ou não o famoso “talco” ou outras substâncias, como lubrificantes, que facilitem o calçamento. Essas substâncias devem estar de acordo com a ISO 10993 – Avaliação Biológica de Produtos para Saúde.

Pesquisei algumas marcas de luvas de látex e vinil e hoje temos opções com ou sem pó. Não encontrei nenhuma marca com presença de algum tipo de lubrificante líquido.  Alguns fabricantes  declaram nos rótulos a origem do pó utilizado: o amido. Outros fabricantes declaram como sendo pó reabsorvível. Fizemos contato com um fabricante que faz essa declaração de pó reabsorvível na embalagem e nos informaram que trata-se de amido, mas não explicaram o motivo dessa nomenclatura nem informaram se o amido utilizado possui laudo qualitativo ou quantitativo para presença de glúten.

Pesquisei sobre processos de fabricação das luvas e em nenhuma das etapas aparecem insumos ou materiais que sejam fontes de glúten para o produto final. O que avaliamos neste contexto é uma possível contaminação do amido por outras matérias-primas fontes de glúten, seja no processo produtivo ou armazenamento.

Atualmente sou proprietária de uma padaria de produtos nutritivos e lá farinha de trigo, cevada, toda essa família do glúten é proibida. Utilizamos luvas de vinil sem amido, mas já utilizamos em outro momento uma determinada marca de luva de látex com amido. Temos alguns clientes celíacos e não tivemos nenhuma reclamação sobre reações causadas por presença de glúten. Optamos por utilizar luvas sem amido como método preventivo ao aparecimento de coceira nas mãos.

Uma boa prática é armazenar as luvas, com ou sem amido, em locais livres de contaminação.

Espero ter colaborado para sanar dúvidas.

5 thoughts on

Luvas contêm glúten?

  • Luiza Dutra

    Muito interessante!! Nunca parei para pensar na contaminação de alergênicos pelas luvas. ótimo texto

    0
  • Ingrid mengue klaus

    Excelente esclarecimentos obrigada!!

    0
  • Izabel Francilene Gonzaga de Souza

    Muito interessante cada dia um novo conhecimento.

    0
  • Renata Karla de Carvalho

    Boa pesquisa, eu sei que o pó das luvas usadas para limpeza (aquelas de latex mais grosso e reutilizável) me causa reações alérgicas e cheguei a pensar ser alergia ao látex, mas é mais provável ser o pó. Sou celíaca e tenho dermatite herpetiforme.

    0
  • Ana Claudia Cendofanti

    Boa tarde, como complementação algumas empresas usam amido de trigo e pode sim ter luvas em que o pós absorvível contem glúten.
    Outro ponto “Temos alguns clientes celíacos e não tivemos nenhuma reclamação sobre reações causadas por presença de glúten.” Para entendimento da Autora, 40% dos celíacos não tem sintomas gastrointestinais, porém tem lesão as vilosidades. Portanto não é parâmetro ” clientes não reclamarem”. Além do que os que tem sintomas , podem apresentá-los até dias depois. Quando se atende celíaco, não basta trabalhar com matérias primas sem glúten, há que se saber da rastreabilidade e segurança alimentar de cada matérias prima, de todos os cuidados com seus colaboradores sobre traços eventuais que o tragam de suas casas além de estabeler critérios muito rígidos de embalagem para delivery. Como gestora do selo sem glúten da acelpar, considero simplista dizer que a não reclamação é veredicto de não conter glúten e estar apto a celíacos.

    0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os textos são assinados e refletem a opinião de seus autores.

lorem

Food Safety Brazil Org

CNPJ: 22.335.091.0001-59

organização sem fins lucrativos

Produzido por AG74
© 2020, Themosaurus Theme
Compartilhar