Como funciona a certificação GMP Plus

3 min leitura

A GMP + International é proprietária e gestora do esquema GMP + Feed. GMP vem de Good Manufacturing Practices e o + se refere à integração com a Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (HACCP).

Dentro do esquema de certificação da GMP + Internacional pode haver a certificação em GMP+ FSA segurança do alimento/ração, ou GMP+ FSA e Garantia de Responsabilidade do alimento/ração (FRA), enfocando um método de trabalho sustentável.

A norma de Feed Safety incorpora conceitos como ISO 9001, HACCP, limites de segurança de alimentação, rastreabilidade, monitoramento, programas de pré-requisitos e um sistema próprio de notificação de incidentes, o Early Warning System (EWS).

Normas GMP+, check-list, anexos e outros requisitos:

A estrutura dos documentos disponíveis no site é organizada conforme abaixo:

Os documentos A, B e D da GMP + fornecem às empresas – tanto já certificadas quanto empresas interessadas em certificação – todas as informações relevantes sobre o sistema de certificação GMP +, das condições gerais à implementação. Aqueles que estão interessados no papel dos Organismos de Certificação podem consultar os documentos C.

Para o esquema de Feed Safety Assurance, nos documentos B estão as normas, anexos e as notas específicas do país, isso se relaciona. Os documentos de certificação são específicos por categoria.

Vamos às normas:

GMP + B1 Produção, Comércio e Serviços (versão 01.07.2018)

GMP + B1.2 Produção, Comércio e Serviços – Requisitos adicionais para ISO22000: 2005 / PAS222: 2011 (versão 01.07.2018)

GMP + B2 Produção de ingredientes para rações (versão 01.07.2018)

GMP + B3 Comercialização, coleta e armazenamento e transbordo (versão 01.07.2018)

GMP + B3.2 Comercialização para Fazendas de Gado (versão 01.07.2018)

GMP + B4 Transporte (versão 01.07.2018)

GMP + B4.3 Transporte marítimo de curta distância e transporte por vias navegáveis interiores (versão de 01.07.2018)

GMP + B8 Produção e Comércio de Alimentos para Animais de Estimação (versão 01.04.2016)

Análises laboratoriais GMP + B10 (versão 01.04.2016)

Protocolo GMP + B11 para registro de GMP + para laboratórios (versão 01.03.2018)

Requisitos específicos:

GMP + BA1 Limites específicos de segurança de alimentos (contaminantes) (versão 06.04.2018)

GMP + BA2 Controle de resíduos (versão 01.07.2018)

Lista Negativa de Requisitos Mínimos GMP + BA3 (versão 08.03.2018)

Requisitos Mínimos de GMP + BA4 para Amostragem e Análise (versão 01.07.2018)

– Protocolo de aflatoxina B1 (versão 09.04.2018)

– Protocolo de aflatoxina B1 (versão 25.06.2018)

Requisitos Mínimos do GMP + BA5 EWS (versão 01.07.2018) Árvore de decisão

Requisitos Mínimos para Rotulagem e Entrega GMP + BA6 (versão 01.03.2017)

– Anexo 1: Lista com declarações aprovadas de boas práticas de consumo (atualização 13.02.2018)

GMP + BA7 Requisitos específicos para subprodutos da Indústria de Óleo e Gorduras (versão 01.09.2018)

GMP + BA10 Requisitos Mínimos para Compras (versão 01.07.2018)

– Anexo 6 – FSDS

– Anexo 9 – Transporte de feno e palha

GMP + BA11 Critérios de desempenho para laboratórios registrados GMP + (versão 01.03.2018)

GMP + BA13 Requisitos Mínimos para Amostragem (versão 01.01.2015) correção 01.04.2016

Para ter acesso às normas  e outros requisitos acima, vá no site do GMP Plus, onde os links estão ativos

Quando houver requisitos legais aplicáveis ao país de destino, estes apêndices devem ser consultados e utilizados. 

Check-lists:

Para acessar os check-lists GMP Plus, você deve ir à aba C, destinados às certificadoras.

 Empresas certificadas em GMP Plus

Você pode encontrar as empresas certificadas em GMP Plus neste link. Há aproximadamente 195 empresas brasileiras certificadas, abrangendo escopos variáveis, como terminais portuários, transportadoras fluviais, produtores de ração e ingredientes para ração.

A duração do certificado é de 3 anos, com visitas periódicas anuais. O dimensionamento é de aproximadamente 1,5 homem-dia.

GMP Plus não está na lista de esquemas reconhecidos pelo GFSI:

Quando os clientes nos perguntam se está é a norma de mais aceitação para quem produz insumos para ração animal, eu recomendo que consulte o cliente/mercado consumidor quanto ao esquema que melhor o atende. A norma GMP Plus tem requisitos que vão além da gestão da segurança dos alimentos, e por isso as expectativas dos clientes podem ir além das normas do GFSI.

9 thoughts on

Como funciona a certificação GMP Plus

  • Luisa

    Ola. Gostaria de saber qual a diferença entre a GMPplus B1 e a GMPplus B1.2? É que parece q esta última é um apêndice da B1…

    0
    • Leonardo Henrique Marcoviq Borges

      Luisa, ambas são normas direcionadas a ‘feed’, ou seja, ração animal pronta para consumo. A diferença é que a GMP+ B1.2 é específica para empresas que já são certificadas ISO 22000 ou PAS 222. Espero ter ajudado.

      0
      • Luisa

        Obrigada. Só mais duas questões: A diferença entre a B1 e a B2 é que a primeira aplica-se essencialmente na produção de alimentos compostos e a B2 tem aplicação na produção de ingredientes e aditivos para alimentação animal, certo? E como funciona a situação do gatekeeper? Como faço, por exemplo, para misturar produtos GMP+ com produtos não GMP+? Certifico-me na GMP+B3?

        0
  • Leonardo Henrique Marcoviq Borges

    Luisa, sobre a diferença entre B1 e B2 é exatamente isso mesmo. O B1 é produção de ‘feed’, ou seja ração animal pronta pra consumo; já a B2 é produção de ‘feed material / ingredient’, que são componentes utilizados posteriormente em formulações de ‘feeds’.
    Sobre a segunda questão. Você de forma alguma pode misturar ‘produtos GMP+’ com ‘produtos não-GMP+’. Acredito que esteja se referindo ao gatekeeper de grãos (anexo 5 do BA10), que estabelece critérios para compra de grãos (como soja e milho), estes sim, em um âmbito de produção (B1 e B2), podendo ser oriundos de fornecedor não certificado.
    Espero que tenha ficado claro. Qualquer dúvida, só avisar!

    0
  • Luisa

    Obrigada. Ajudou muito. Beijos

    0
  • WILLIAN RENCK PINTO

    Como consigo as normas em português?

    0
    • Leonardo Henrique Marcoviq Borges

      William, infelizmente não existe atualmente uma versão em Português. Mas uma boa noticia é que estou já traduzindo a nova versão da norma que deve sair no final do ano. Será divulgada com exclusividade aqui no Blog assim que ela for publicada. Fique de olho!!

      0
  • Karoliny Pamella

    Boa tarde !

    Tenho uma dúvida…
    Quando uma empresa de armazenagem (farelo e grãos) é certificada GMP+, os clientes depositantes precisam ser certificados com GMP no farelo e grãos?
    Sempre tive essa curiosidade…

    0
    • Leonardo Borges

      Boa tarde Karol.
      Ela pode sim atuar com produtos assegurados GMP+ e também com produtos não assegurados GMP+.
      Entretanto, caso opte por atuar dessa forma, deve garantir que não haja contaminação cruzada entre estes produtos, mesmo sendo produtos equivalente (soja X soja, por exemplo).
      Manter produtos equivalentes de diferentes fornecedores assegurados GMP+ em um mesmo armazém não é problema nenhum.
      Qualquer dúvida, me avise.

      0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os textos são assinados e refletem a opinião de seus autores.

lorem

Food Safety Brazil Org

CNPJ: 22.335.091.0001-59

organização sem fins lucrativos

Produzido por AG74
© 2020, Themosaurus Theme
Compartilhar